Meu Progresso

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Mais uma vez, novamente, de novo!

Oi pessoas!!
Bom...
Reganho de peso é algo lamentável em qualquer situação, ainda mais para uma gastroplastizada.
Como eu sempre disse, obesidade é uma doença que ainda não tem cura e se a gente não fizer a nossa parte, o sucesso não acontecerá.
Cheguei aos famigerados 75 quilos e com isso o rótulo de sobrepeso novamente.


Como eu já disse aqui em algum lugar do passado, a nutricionista que me acompanhou para a cirurgia é top, top, top. Além disso, ela me deu de presente que eu não pagasse mais as consultas em gratidão de tantas pessoas que procuraram a clinica por causa do meu blog. Depois que ela me deu as consultas de presente, voltei apenas uma vez e, como comecei a engordar, fiquei com vergonha de retornar.
Agora, decidi pela centésima vez cuidar de mim e de minhas metas e procurei profissionais pra me ajudar.
Em um mês, passei por três nutricionistas. As duas primeiras achei muito fraquinhas e essa última, gostei muito. Nenhuma chegará aos pés da Suprassumo, mas... enquanto eu não recuperar um pouco da minha magreza, não terei mesmo coragem de voltar nela.
Também procurei endocrinologista. Essa me passou um remedinho para aliviar minha compulsão por comida e doces. Morro de medo desses remédios, mas ela me garantiu que não dá efeito rebote ( que engorda o dobro depois de parar).
Tenho outras coisitas mais pra contar, mas será em outro post porque não se trata de bariátrica.
Força na peruca e vamo que vamo!
   



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Estou de Volta pro Meu Aconchego.

Vamos lá:
Esses dias fiquei numa saudade imensa desse meu cantinho!
Na época em que eu estava no auge do emagrecimento e postava meu dia-a-dia com todas as glórias e também frustrações, eu tinha muitos seguidores. Teve época inclusive que eu mal dava conta de responder todos os e-mails que eu recebia, pois eram muitos mesmo.
Eu me sentia útil e cada vez mais me dava vontade em compartilhar tudinho de minha vida. E vocês me ajudavam a ser uma pessoa melhor.
Aí surgiu o facebook e com ele, minha vida que antes era lida por apenas pessoas que tinham o mesmo objetivo que eu, passou a ser lida por familiares, colegas de trabalho, e até por pessoas que só tinham interesse em minar minha felicidade.
Mas o face é um vício esquisito e fui adicionando quem me pedia. Hoje nem sei quantas pessoas tenho adicionadas, sei que são muitas, mas as que precisam de mim de uma forma ou outra, são poucas. Na verdade, são vocês que hoje estão aqui pra ler o que escrevo. Que não me abandonaram nunca.
Quero agradecer a cada uma de vocês que sempre me deu uma palavra de incentivo sem pedir nada em troca.
E vou tentar voltar pra esse cantinho e fazer dele um espaço pra eu desabafar, como eu fazia antes.
Não divulgarei lá no face que estou com post novo e irá ler quem realmente me procurar.
Será assim.
E assim, vou aos poucos me cuidando porque consciente que eu realmente preciso de ajuda, agora tenho que fazer algo por mim.
De repente eu escrevendo aqui, amenize a minha dor em me achar fracassada em ter engordado.
Força na peruca e vamo que vamo!!!!









Reganho de Peso Pós Bariátrica by Vanessa Queiroz ( parte 2)


“Ganhei peso após a cirurgia bariátrica e não consigo perder. O que eu faço?”

A pergunta acima é mais comum do que se imagina. Infelizmente é normal que após a cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como cirurgia de redução de estômago, os pacientes recuperem o peso perdido, às vezes engordando até mais do que antes.

As causas são variadas, mas todas elas convergem para um ponto em comum: a crença de que a cirurgia bariátrica é o ponto final na busca pelo emagrecimento, quando na verdade ela é apenas o ponto inicial.

Mais importante do que a cirurgia em si é o pós-operatório, com acompanhamento clínico, psicológico e nutricional e o seguimento de uma dieta que sirva para devolver e balancear os nutrientes e vitaminas perdidos na operação e para manter o peso adquirido.

Exercícios físicos são fundamentais após a cirurgia bariátrica

O ideal é aproveitar a boa forma conquistada com a cirurgia para desenvolver hábitos mais saudáveis e, para manter e evitar o reganho de peso após a operação, praticar atividades físicas é absolutamente essencial. Isso porque em algumas modalidades da cirurgia, a perda de peso ocorre de maneira gradual.

Uma pesquisa de uma universidade australiana comprovou que a prática de exercícios físicos após a cirurgia bariátrica representava uma perda de quase 4 kg. Além disso, os exercícios servem para evitar a perda exagerada de massa muscular como decorrência da cirurgia.

Você não pode “chutar o balde” após a cirurgia; mantenha a dieta!

Muitas pessoas também têm a crença de que, após a cirurgia bariátrica, poderão comer o que bem quiserem quando bem entenderem, mas não é assim que a banda toca. Como dissemos mais acima, seguir a dieta recomendada pelo nutricionista no pós-operatório é imprescindível.

Além de servir para repor e balancear os nutrientes e vitaminas que foram perdidos na cirurgia, a dieta em si já representa um hábito mais saudável para o paciente, juntamente com a prática de exercícios físicos.

Se o paciente seguir a dieta recomendada, dificilmente irá sofrer com o reganho de peso, pois irá comer os alimentos certos, nas quantidades certas, nas horas certas, não apenas mantendo o resultado alcançado com a operação como, também, melhorando-o.

A cirurgia bariátrica não faz milagre, você também é fundamental

Como nós explicamos lá em cima, a cirurgia de redução de estômago não é o último ponto na sua caminhada rumo ao emagrecimento, mas sim o primeiro; no máximo, um atalho.

De nada adiantará você “entrar na faca” para reduzir o seu estômago e continuar ingerindo alimentos que não são saudáveis, comendo em excesso e mantendo-se fiel ao sedentarismo.

A cirurgia bariátrica precisa ser encarada como um facilitador na difícil missão de emagrecer. O paciente deve aproveitar as facilidades que o resultado da operação traz para desenvolver hábitos mais saudáveis, os quais não conseguia praticar antes em virtude dos problemas causados pela obesidade.

Aproveite que a operação reduziu sua fome e coma menos. Coma melhor. Faça uma dieta saudável e aproveite o seu novo corpo para fazer coisas que você não conseguia antes, como praticar exercícios, tornar-se adepto de um esporte e desenvolver uma rotina que não apenas mantenha os resultados da operação, mas que os melhore.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

REGANHO DE PESO PÓS BARIÁTRICA: COMO EVITAR?

Galera, fiz uma parceria com Vanessa Queiroz que me fez a proposta de fazer Guest Post relacionados com meu blog. 
Após uma enquete no facebook, separei alguns temas sugeridos por minhas queridas facefriends e o primeiro tema a ser abordado será: REGANHO DE PESO PÓS BARIÁTRICA: COLO EVITAR?
Aguardo Comentários!!!!
Força na peruca e vamo que vamo! 



Mais da metade dos pacientes de cirurgia bariátrica voltam a ganhar peso. Saiba como não entrar nessa estatística

A cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como cirurgia de redução do estômago, tem crescido consideravelmente em popularidade entre os pacientes brasileiros nos últimos anos: estima-se que o Brasil seja o segundo país no mundo em número de cirurgias desse tipo realizadas anualmente.

Apesar de trazer resultados satisfatórios no curto prazo, para que eles sejam mantidos é necessário um bom acompanhamento no pós-operatório, assim como o seguimento de uma dieta que mantenha a forma adquirida. Ocorre que grande parte dos pacientes que se submetem à cirurgia bariátrica acredita que, após o procedimento, podem voltar a comer tudo o que bem entenderem.

É justamente aí que mora o problema. Isso porque mais da metade dos pacientes da cirurgia bariátrica voltam a engordar após a operação, justamente por não adotarem hábitos alimentareis mais saudáveis e ignorarem o acompanhamento pós-operatório. Enquanto recuperar alguns quilos é completamente normal, outros pacientes chegam a ganhar até mais peso do que tinham antes da redução de estômago.

Como evitar o reganho de peso após a cirurgia bariátrica

Para não voltar a ganhar peso após a cirurgia bariátrica é importantíssimo não abrir mão do acompanhamento clínico pós-operatório com médicos, psicólogos e nutricionistas, que serão fundamentais para ajudar o paciente a manter o equilíbrio psicológico e, também, dos resultados da operação e da dieta que deverá ser obedecida para manter os resultados da operação.

Manter-se firme na dieta é imprescindível para não voltar a ganhar peso após a cirurgia bariátrica, pois apesar de a cirurgia implicar em uma diminuição na capacidade de absorção do seu estômago, isso não impedirá que a ingestão de alimentos demasiadamente calóricos (como doces, frituras, chocolates, etc.) impeça o paciente de voltar a engordar.

É importante que o paciente tenha em mente que a cirurgia bariátrica em si não faz milagres. Muitos acreditam que após a cirurgia deixarão de sentir fome, que poderão comer o que quiser, que como o estômago foi “reduzido” não engordarão novamente. Não é assim que funciona e, no final das contas, a disciplina do paciente no pós-operatório será tão importante quanto o trabalho do cirurgião em si.

O ideal é que o paciente enxergue a cirurgia bariátrica como um facilitador para o emagrecimento, e não a solução em si. Se o paciente aproveitar a cirurgia para passar a adotar um estilo de vida mais saudável, é até melhor, pois a tendência é que os resultados melhorem ainda mais.

Dicas para evitar o reganho de peso após a cirurgia bariátrica

O objetivo deste artigo foi alertar os pacientes de cirurgia bariátrica a adotarem hábitos que evitem o reganho de peso após a operação. Em resumo, seguem algumas das sugestões:


Manter-se no acompanhamento pós-operatório com médicos, psicólogos e nutricionistas;

Seguir rigorosamente a dieta, pois a cirurgia bariátrica não faz milagres: encare a operação como um facilitador do emagrecimento e não como a solução;

Adotar hábitos saudáveis: aproveite que está mais magro e se habitue a praticar exercícios físicos para manter a boa forma;

Não caia na ilusão de que, com a operação, você deixará de sentir fome ou poderá comer o que quiser.

Artigo produzido por Marcos Chaves, redator da equipe do site Plano de Saúde

domingo, 27 de julho de 2014

Resumindo minha história (5 anos )

Outro dia eu estava numa das frequentes reuniões de família.
Para chegar a ela, enfrentei uma maratona: primeiro, o que vestir? Depois, o que ficaria bem em mim?
Nada ficava bem. Tudo estufado, apertado...
Onde sentar? Pra sentar, tinha que primeiro escolher bem a cadeira porque não poderia ser a de plático e depois... como sentar? Abria bem o ziper da calça e usava uma blusa bem folgada por cima pra que ninguém percebesse. O calçado, eu tirava embaixo da mesa porque os pés inchavam demais.
Foi nessa hora que entrou toda linda a prima do meu marido. Havia colocado o balão e emagrecido muito.
Decidi naquela hora que teria que fazer algo.
Procurei um médico logo no primeiro dia útil após aquela festa e, pra minha surpresa ele disse que não adiantaria o balão pois a minha obesidade era mórbida.
Morbida? Nunca imaginei! Sabia que eu era gorda, mas mórbida foi demais escutar!
Procurei especialstas na área do controle de obesidade, encontrei Dr. Sérgio e sua equipe.
Virei borboleta. Borboleta porque foi uma metamorfose, uma transformação a vida que eu tinha e a vida que eu conquistei após a cirurgia.
Fiquei em Lua-de-Mel com a balança por dois anos e aí, aquele velho costume de uma gordinha safada. Achava que já sabia muito, que já entendia tudo, que conseguiria seguir com minhas próprias pernas.... e abandonei as reuniões mensais com meu cirurgião, o acompanhamento com nutricionista, com psicóloco, os exercícios físicos, o jeito correto de me alimentar, as escolhas corretas na alimentação...
Cirurgia Bariátrica não é a cura pra obesidade. Nunca foi. Talvez quem sabe um dia a medicina evolua e se torne dessa forma, mas hoje, meus amigos...hoje ainda não!
E fazendo tudo errado, engordei. Primeiro um quilo, dois, cinco... e aquele velho costume de pensar: "de 70 não passa, aí chegou nos 70; mas de 75 não passa!"
Quem de nós gordinhos nunca pensou assim?
Foi meu erro. E eu que antes estava com IMC magro, hoje passo ao estágio IMC sobrepeso. (IMC=78,5)
Então amigos, fica o alerta.
Fazer a cirurgia foi a coisa mais acertada que já aconteceu comigo nos últimos tempos, sempre quando alguém pergunta se eu me arrendi, respondo: me arrependi de não ter feito a mais tempo. E continuo achando que para os obesos mórbidos, ou os que não são mórbidos, mas tem as comorbidades fisicas ou emocionais (doenças associadas a obesidade) é a solução mais salutar, mas temos que ficar atentos aos sinais para que tudo não tenha sido em vão. Nunca abandone os profissionais. E procurar uma equipe Multidisciplinar é tudo de melhor que há nesse mundo porque estão todos envolvidos para o mesmo fim que é te ajudar a sair desse estágio.
Eu preciso voltar a me cuidar. Está difícil, porque a ansiedade é algo que me consome, mas já estou procurando profissionais pra me ajudar a ter êxito, porque sozinha eu não consigo. Ninguém consegue.
 Esse é o resuminho da minha história.
Força na peruca e vamo que vamo!

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Recomeçar!

Da mega série... quer textos curtos? Vá pro Twitter! kkkkk

Muitas coisas aconteceram, mas vamos por parte:

Coloquei o Mirena acho que há uns 6 meses, não me lembro ao certo e só agora a menstruação está demonstrando sinais de enfraquecimento. Na verdade, depois de uns três meses já veio bem menos, mas agora é que começou a realmente acabar de vez.
De vez em quando é que em apenas um dia aparece algo estranho, mas coloco o absorvente mini e nem suja todo.
Com isso, minha anemia espero que esteja com os dias contados. Não fiz exames ainda este ano pra saber a quantas andam, mas no mês de outubro, havia dado uma boa melhorada só com o Neutrofer em gotas que tomei. (lembrando que tenho alergia ao injetável)

Mudei de local de emprego: ano passado eu fui coordenardora numa escola até o mês de setembro, e terminei o ano coordenadora de uma escola em frente a minha casa.
Este ano, peguei uma turma de Ensino Especial (autismo)  nesta mesma escola em frente de casa. Muito bom. Um novo projeto que quero agarrar com unhas e dentes pra até que enfim estar feliz profissionalmente.

Quem me acompanha das antigas, sabe que eu não confio em psicólogas. Na verdade, eu não confiava, porque encontrei uma MA RA VI LHO SA que está me ajudando a amadurecer pessoalmente. Cristina tem um feeling que eu procurei minha vida toda. Ela fala e eu fico babando. Entende examente meus medos, minhas fraquesas, minhas angústias, minha ansiedade. Ela fala as verdades quando tem que falar e alivia quando tem que aliviar. Estou amando muito.

Já com psiquiatra, não tive a mesma sorte. Estou ainda a procura de um que não seja tão mercenário. Os últimos que procurei foi decepção total. Teve um que quis me internar numa clínica. Tudo bem que estava/estou passando por uma depressão brava, mas internar, achei que foi demais!!!

Fiz uma viagem maravilhosa no mês de janeiro. Fui com minha linda famíla para o Sul. Passamos pelos três estados e ainda a fronteira com Paraguai e Argentina por Foz do Iguaçu. Foi perfeito. Uma vida de cigano, já que eu passava dois a quatro dias em cada cidades, mas super valeu a pena.

Engordei nessas férias. Cheguei com 75 quilos e hoje estou com 73. Ainda falta muito pra minha meta, mas pra isso, preciso me estabilizar emocionalmente.

Acho que sou um pouco atriz, porque quem está ao meu redor, só me vê sorrindo, bebendo,  brincando, falando piadinhas, mas na verdade, não vejo graça em muita coisa. Mas vai passar. Em nome de Jesus, vai passar!!!!

Então é isso! (por enquanto)
Vamos RECOMEÇAR pela enésima vez!

Força na peruca e vamo que vamo!



quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Dieta da Proteína

Continuo determinada na minha meta e lancei o projeto #Cuidandodemim.
Com essa meta, devagar e sempre, estou me dando o carinho de fazer coisinhas pra minha saúde mental e física. 
Como eu preciso comer em primeiro lugar proteína, e depois, se sobrar espaço, como o restante dos alimentos, achei por bem, fazer a dieta da proteína que me foi passada há um tempo, ainda quando eu era uma gordinha mórbida.
A dieta consiste em comer todo e qualquer tipo de proteína, em qualquer quantidade e a qualquer momento. Isso pra mim não é nenhum sacrifício. Adoro os derivados de leite e todos os feitios de carnes, ovos e frangos. Não como peixes, mas isso eu tirei do cardápio.
Não é uma dieta mirabolante. É ciência mesmo. O corpo necessita de energia que é retirada da gordura. Como essa não é ingerida, começa o processo de Cetose no organismo. Com isso, gera o emagrecimento.
Esse tipo de dieta não pode ser realizada mais que quinze dias, pois sobrecarrega os rins.
Quem tem problema grave de prisão de ventre, também não é bom fazer esse tipo de dieta.
Essas informações me foram passadas por uma nutricionista e, para dar um ânimo na minha perda de peso, resolvi recorrer a ela.
Estou quase no fim dos meus 15 dias. Domingo, acabará. Já eliminei 3 quilos. A intenção é eliminar entre 5 a 7. Vamos ver o que conseguirei, mas já estou satisfeita com esse resultado.
E, vou SEMPRE correr atrás do SUCESSO, porque o prejuizo eu deixarei ir embora correndo!
Força na peruca e vamo que vamo!!!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Projeto: Cuidando de Mim

 Na minha angústia e necessidade de cuidar de mim, procurei profissionais pra me ajudar e há três meses conto com a ajuda de uma psiquiatra e uma psicóloga.
Confesso que os remédios da psiquiatra ainda não me deixaram calma. Continuo ansiosa, mesmo tomando três tipos de remédios diferentes. É essa ansiedade excessiva que me fez engordar porque enlouqueço pra querer comer.
Já a psicóloga...vocês se lembram qual era o meu conceito sobre essa profissional. Eu não acreditava nelas. Nunca achei que resolvia. Procurava porque fazia parte do protocolo. Mas dessa vez, tive que dobrar meu joelho e fazer reverência. Dra Cristina é Mega Blaster Maravilhosa.
Tem uma posição firme e colocações que me faz refletir e melhorar cada dia mais. Agora sim a coisa vai!

Ah! Cortei as madeixas!!! Olhem aí como ficou! E, meu rosto está assim igual a palhacinha porque procurei também uma dermatologista e fiz procedimento hoje. Da última vez que fui a Fortaleza, minha pele branca voltou muito manchada. Vou fazer duas sessões de Luz Pulsada e três de Peeling. 
image.jpeg


Na academia...
Estou fazendo o que dá pra fazer no dia. Ainda não acertei meus horários. Está tudo muito conturbado, mas essa semana eu quero ajustar tudo. Estou gostando das aulas de localizada. Também gostei da aula de Pilates. Terça e quinta já é certo: faço forró junto com meu marido.

Agora mais que nunca é força na peruca e vamo que vamo baixar esses quilinhos extras, ficar com pele de porcelana e tirar as minhocas da cabeça! kkkkk


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Exercícios Físicos ( Recomeço) e Texto By Bruna Rodrigues

Ontem fui para a primeira aula de Pilates com bola
Como foi ótima essa aula e como uma bola faz diferença pra desenvolver um exercício! Amei fazer!
A noite fui pra aula de Forró com meu maridon. Ri tanto!!! Gente, super recomendo fazer algo desse tipo com o marido. É uma forma de a gente se curtir.
E hoje, estou quebrada. Uma dor na região dos ombros que só Jesus na causa, mas é isso mesmo. Uma dorzinha que dá até satisfação. kkkkkkk
Força na Peruca e vamo que vamo!


 A querida Bruna Rodrigues elaborou mais um texto interessante e que trata exatamente desse assunto. Leiam com carinho.

Atividade física e cirurgia bariátrica

Qual a relação das rotinas de exercícios com a redução de estômago?

Que os exercícios físicos são benéficos de uma forma geral nós sabemos, mas quais os benefícios das atividades logo após a realização de uma cirurgia bariátrica?

A rotina de atividades físicas é importante para a manutenção da saúde física e corporal de praticamente todos indivíduos, independente do tipo físico. Porém, para pacientes que passarão em breve pela cirurgia bariátrica ou que já passaram por ela, movimentar-se é ainda mais importante e essencial.

Benefícios da atividade física na cirurgia bariátrica

Para o paciente que ainda não realizou a cirurgia, a prática dos exercícios colabora para que haja uma perda de peso saudável, sobretudo em casos de pacientes muito obesos e que precisam emagrecer antes de passar pela cirurgia. Os exercícios e a dieta pré operatórios devem ser recomendados pelo médico, pois cada caso tem necessidades e particularidades diferentes. Eles são fundamentais para que aconteça uma perda de peso saudável, sem que seja consumida massa muscular, e sim a gordura. Os exercícios mais recomendados são a caminhada, a esteira, a bicicleta, a hidroginástica, a musculação e o pilates.

Já para o indivíduo que foi operado, as atividades também desempenham papel fundamental. A prática frequente potencializa a perda de peso, fazendo com que ela seja mais rápida e efetiva, sobretudo nos dois primeiros anos pós cirurgia, que é o período em que o emagrecimento continua. Veja aqui depoimentos de operados que só se beneficiaram dos exercícios!

Além disso, se movimentar traz benefícios de um modo geral: ajuda na prevenção e no controle do colesterol, dos triglicérides, ajuda a relaxar, desestressa, atua no controle da pressão arterial, diminui a incidência de diversas doenças, entre outras tantas vantagens. Para manter a qualidade do início ao fim das atividades, é importante escolher a roupa adequada (sobretudo no verão, em que as roupas devem ser frescas e leves, ou no inverno, em que trajes como o fleece, que aquece e é especialmente feito para ser usado durante a prática de exercícios físicos, diferentes de outros “casaquinhos”), um par de tênis resistentes e que obedeçam ao formato da sua pisada, além de uma garrafinha com água, acessório indispensável.

E aí, pronta para ficar ainda mais linda, leve e solta? Então mexa-se!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Recomeço!!!



Ai que saudades desse cantinho!
Me sinto tão aconchegada aqui!!!
Resolvi retomar, porque muita coisa aconteceu. Coisas que estão fazendo diferença na minha vida de pós bariátrica e quero compartilhar com vocês.
Começo contando que engordei 13 quilos. É isso mesmo, minha gente! 13 grandes quilos. Hoje estou com 73 quilos muito bem distribuídos, mas que me fizeram sentir fracassada.
Sempre soube que não há cura pra obesidade. A cirurgia é apenas um caminho mais rápido para termos saúde, mas sem a minha determinação, de nada adiantaria.
A fórmula do sucesso é conhecida: alimentação saudável + atividade física. Não adianta querer burlar isso.
O que aconteceu é que eu burlei. Tornei-me sedentária e descuidei da alimentação. Sem contar os chopinhos de fins de semana que nesse calor são irrecusáveis!
Muitas pessoas me perguntam: como vc engordou se seu estômago não cabe mais nada?
Como assim, não cabe mais nada? Cabe muito! Acredite.
Só que antes eu comia como mal educada. Hj eu como mais disciplinada, mas aprendi também a burlar as calorias.
Massinhas e doces eu ingiro muito bem. Não tenho dumping.
Um dia, fui numa reunião do Dr. Sergio e ao final, ele e a Dra. Mariana me ofereceram ir às consultas sem pagar mais nada. Isso em agradecimento por muitas pessoas que acessam meu blog, leem a minha história e os procuram determinados a mudar as suas histórias também.
Resolvi então abraçar essa oportunidade, e todo mês irei às consultas com eles.
Mês passado foi meu primeiro retorno. Conversei muito com Dr. Sérgio e ele me incentivou a recomeçar. Disse que esse ciclo de engorda teria que acabar. Que a curva que estava ascendente, teria que ficar decrescente.
A Nutricionista Mariana fez uma dieta rica em proteínas. Tentei fazer. No começo até estava motivada, mas depois vieram vários problemas como a depressão, ansiedade, angústia e comi muito, sem regras. Fiz alguns dias de academia, mas não do jeito que eu gostaria de ter feito.
Fiquei frustrada e ontem até cheguei a escrever no face que estava me sentindo fracassada. Foram tantas e tantas mensagens me encorajando, que hoje acordei mais disposta a enfrentar meus desafios.
Sei que vou conseguir. Ninguém faz uma cirurgia dessas pra querer engordar novamente.
Hoje voltei às consultas e graças a Deus, apesar das gulodices, emagreci. Duzentos gramas, mas emagreci. Também perdi dois centímetros de cintura.
Dr. Sérgio disse que o ciclo de engordar havia encerrado. Ele ficou contente porque mesmo com um resultado pequeno pra mim, ele achou muito importante ter essa queda no gráfico. Achei razoável esse resultado e as conversas com a Mari e Dr. Sérgio me encorajaram ainda mais.
Agora é força na peruca e vamo que vamo!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Borboleta Ana Carolina

Que Deus abençoe as mãos de toda equipe médica que vai te operar hoje.
Força na peruca e vamo que vamo!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Borboleta Ivonete

Adicionar legenda
Hoje peço orações pra uma querida amiga.
Ivonete é uma borboleta Sergete, ou seja, vai operar com o suprassumo do meu cirurgião bariátrico, Dr. Sérgio Arruda, por indicação minha.

Ivonete,
Que Deus abençoe sua escolha e que Ele guie mais uma vez as mãos do Dr Sérgio e de toda sua equipe.
Ficarei aqui na torcida de recuperação rápida pra você alçar grandes voos.
Força na peruca sempre e vamo que vamo!
Pode contar comigo para o que precisar!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Borboleta Raphaella Damasceno


Hoje peço orações para a Raphaella Damasceno.
Mais uma borboletinha pro dia de hoje!
Que Deus abençoe as mãos de todos os profissionais envolvidos na sua cirurgia!
Força na peruca e vamo que vamo!!!

Borboleta Maria Bogos

Hoje peço orações para Maria Bógos
Que Deus ilumine e guie as mãos de todos os profissionais envolvidos em sua cirurgia!
Força na peruca e vamo que vamo!

sábado, 11 de maio de 2013

Gastroplastia e Suplementos: tudo o que você precisa saber by Bruna Rodrigues

Olá galera,
Recebi uma proposta de uma leitora do meu blog para que eu publicasse textos relacionados a gastroplastia e eu amei a ideia, portanto, a partir de hoje, teremos a preciosa colaboração de Bruna Rodrigues, 22 anos, estudante de Jornalismo em São Paulo.
Essa parceria vai ser ótima!!!
Obrigada Bruna pelo carinho e colaboração!
Força na peruca e vamo que vamo!



Gastroplastia e Suplementos: tudo o que você precisa saber


A cirurgia bariátrica, como os leitores do blog já sabem, é um procedimento cirúrgico indicado para aqueles que não conseguem emagrecer por outros meios e que possuem, além da obesidade diagnosticada, alguma outra doença decorrente, como hipertensão, diabetes, colesterol perigosamente alto e etc. Quando falamos sobre essa cirurgia, em primeiro lugar pensamos em saúde, mas é verdade que quem deseja emagrecer também sonha em dar um up na própria aparência. Por isso, não é incomum ver ex-gordinhos lotando academias e se dedicando para valer à malhação. Seja para manter o peso, seja para modificar o corpo.

Alimentação pós-cirúrgica e Suplementos


O problema é que a gastroplastia diminui a capacidade do operado de comer em grande quantidade, como alguém que se submete a uma série de exercícios deveria, surgindo assim muitas dúvidas sobre como os operados devem agir na hora de tornear o corpo e ganhar massa muscular. Mas o que muitas pessoas submetidas à operação não sabem é que elas têm grandes aliados nessa batalha: os suplementos alimentares.

Os suplementos não são apenas indicados para os que desejam ganhar massa muscular, mas também a recém operados em geral. Após a cirurgia bariátrica, o obeso passa por um período pós-operatório complexo no que diz respeito à manutenção de sua saúde nutricional devido tanto a grande e repentina restrição de quantidade de alimento, quanto a limitada absorção de nutrientes do pouco que se come - fora a recuperação física do próprio procedimento cirúrgico. Isso pode gerar problemas como a anemia, e é aí que os suplementos alimentares entram.

Essas indicações acontecem, principalmente, porque em sua maioria os suplementos são facilmente absorvidos pelo organismo, bem como seus nutrientes concentrados. As necessidades mais comuns após a cirurgia são vitaminas, ferro, cálcio, tiamina e proteína. Um dos suplementos mais indicados para quem passou por uma gastroplastia é a Whey Protein, uma proteína isenta de lactose (e, portanto, com menores chances e rejeição) que fornece energia, acelera o metabolismo, ajuda no desenvolvimento dos músculos e auxilia o processo de emagrecimento.

Com o passar o tempo e sucesso da recuperação, a ingestão de outros suplementos específicos para atletas de academia, como a Creatina, por exemplo, é normal. E necessária, caso os objetivos sejam específicos. A redução na quantidade de comida pode acompanhar o operado até o fim da vida, mas para ingerir todos os nutrientes e vitaminas necessários para o seu treino não hesite em consultar profissionais como um nutricionista e um personal trainer.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Colocação do Mirena


 Da série... se não quiser ler textos longos, vá pro twitter!!! kkkkkkkkk

Enfim, a saga do Mirena acabou. Pelo menos é isso que eu espero por pelo menos cinco anos.

Recaptulando...
Sempre tive problema com anemia. Quando fiquei grávida, tive que tomar o tal do ferro por toda gestação. Todos sabem que quando fazemos a cirurgia bariátrica por essa técnica que eu fiz (Fobi e Capela com Y de Roux), alguns nutrientes e vitaminas não são retidos no organismo.
Por esse motivo, minha taxa de ferro que já era baixa, piorou e tive que tomar ferro na veia pra poder melhorar.
Fiz essa reposição há alguns anos e deu tudo certo.
Neste ano, tive que fazer novamente a reposição de ferro na veia e pra minha surpesa, tive reação alérgica.
A indicação de colocar o Diu Mirena pra cessar a menstruação já tinha sido feita por meu cirurgião bariátrico, o Suprassumo Dr. Sérgio Arruda, mesmo antes de eu operar, mas relutei muito por ser algo muito caro.
Eis que visto o meu problema grave e sem solução, tive então que recorrer a colocar o tal Mirena.
O convênio paga todo o procedimento para colocação do Mirena e alguns, como o meu, até cobrem o próprio Dispositivo Intra Uterino, mas os médicos Ginecologistas não aceitam o convênio para esse procedimento.
Foi então que pedi a uma amiga que trabalha em um Centro de Saúde, pra ela ver a possibilidade de eu fazer a consulta com a Gineco de lá. Ivonete não mediu esforços e na outra semana eu já estava me consultando com a Gineco do Centro de Saúde Público.
A recomendação da médica foi que eu tivesse menstruada e pra que eu comprasse o Mirena, visto que o Centro de Saúde não dispunha deste tipo de DIU.
A doutora disse  também pra eu procurá-la no mês de abril, pois ela estaria de licença no mês de março.
E assim eu fiz.
Fiquei menstruada no dia 24 de abril e no dia 25 (ontem) ela me atendeu no consultório do Centro de Saúde.
Gente, a Gineco foi uma gracinha, super competente, experiente; a assistente dela, me deu uma força danada segurando na minha mão e passando a mão dela em  minha cabeça, mas mesmo assim, foi horrível.
Doeu muito. Primeiro ela enfiou aquele "bico de pato" que não é de Deus. Aquilo por si só já é um suplício pra mim. Só que o tal espectro não foi o suficiente, ela teve que pegar um maior. Jesus!!!!
Depois, ela anestesiou o local. Gerou uma cólica na hora.
Os procedimentos que vieram depois, me arrepiam só de lembrar da dor. Ela teve que puxar o colo do útero e medi-lo. Essa medição me fez gritar e chorar de tanta dor. A cólica aumentou muito.
A colocação foi até rápida após isso, mas o local já estava dolorido demais. Lembrando que todo esse procedimento eu fiz menstruada. Totalmente mais sensível.
Mas deu tudo certo. 
Depois que a menstruação acabar, farei uma ultrasonografia pra saber se ele está no lugar direitinho. E se Deus quiser, estará. Deus me livre de ter que voltar a mexer no local.
A cólica foi forte só no dia. Hoje estou bem, um pouco fraca, porém bem.
Agradeço demais à Ivonete por ter conseguido que eu fosse atendida com essa médica  super competente.
 Mas a dica que eu dou é a seguinte: se vc tiver indicação de colocar o Mirena, reserve uma graninha e pague particular porque os médicos fazem o procedimento no hospital com sedação. Minha cunhada fez e não sentiu nada porque foi anestesiada. Apagou durante o procedimento.
Mas eu repito: Agradeço muito porque a Ivonete conseguiu pra mim, Eu não tinha o dinheiro pra pagar o procedimento particular e precisava urgente resolver meu problema grave de anemia e ela foi meu anjo da guarda.
 Agora é força na peruca e vamo que vamo que mais uma etapa da minha vida foi cumprida.



segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Borboleta Wanessa Carlos

                                         Hoje peço orações para mais uma borboleta Sergete!
Wanessa, vc sabe que está em boas mãos! Escolheu a melhor equipe para te acompanhar e o melhor médico que fará vc renascer!!!

Que Deus guie mais uma vez as mãos do querido Dr. Sérgio e que sua vida de borboleta seja leve e feliz!
Força na peruca e vamo que vamo!
Até a volta.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Exames Pré Mirena

Hoje fui para a consulta para ver se dessa vez eu coloco o Mirena.
Tenho que colocar o Mirena porque a minha absorção de ferro está muito baixa, e pra complicar a história, tive alergia ao Neutrofer na veia. Tenho então que interromper a menstruação urgente.
Fui então numa médica Gineco recomendada pela Dra. Concy, minha hematologista.
Gostei da Dra Rita. Acho que agora encontrei a Gineco que vai me acompanhar, mas, infelizmente, ela não aceita convênio pra colocação do dispositivo.
Ela cobra R$ 1000,00 (mil reais) e o Mirena custa por volta R$ 700,00 (setecentos reais) ou seja, estou lascada. rsrsrsr
Me passou um monte de exames pra fazer e disse que terei que colocar o Mirena quando eu tiver menstruada, pois o colo do útero fica aumentado, facilitando a colocação. Fará anestesia local para eu não sentir dor. (gostei disso)
Meu marido disse que vai consultar no plano se algum médico coloca sem cobrar. Acho difícil, mas...temos que ver todas as possiblidades.
Então é isso, fazer os exames, e esperar os próximos capítulos.
Força na peruca e vamo que vamo!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

RETROSPECTIVAS E PLANO 2013

Estava relendo meus posts passados e me deparei com a Retrospectivas e Planos para 2012. Parei de ler na hora e vim correndo escrever o de 2013.
Depois voltarei lá pra ver o que escrevei no começo do ano passado e se cumpri minhas metas.



RETROSPECTIVA 2012

PERDI: alguns quilinhos que havia ganhado

GANHEI novas amizades

APRENDI: a gostar do meu trabalho

MUDEI: a cor dos cabelos várias vezes

BEIJEI: meu amor

ESQUECI: de cuidar da minha saúde

EXPERIMENTEI como é bom ser feliz

TERMINEI está tudo em processo. Não terminei nada.

CHOREI muitas vezes. Depressão me pegou de cheio.

FUI passar o Reveillon num navio pra ver os fogos em Copacabana

VOLTEI: a ser um pouco mais alegre

SUPEREI: a raiva das minhas coxas. Acho que estou aceitando mais a condição delas serem grossas mesmo.



PLANOS PARA 2013


PERDER: dois quilinhos ingratos que não querem ir embora do meu ser.

GANHAR: novas amizades

APRENDER: a ser mais paciente, principalmente em casa.

MUDAR: meu estilo de alimentação e não ser mais sedentária

ENCONTRAR: vontade cada dia pra viver

EXPERIMENTAR: a tomar meus remédios na hora certa

TERMINAR: de vez com a depressão

CHORAR: apenas de alegria

IR: para uma viagem ao Sul do país de carro

VOLTAR: a dar muitas gargalhadas da vida

SUPERAR: a preguiça



Vejam o que escrevi à época (final de 2011). Li só depois de escrever o de hoje.

METAS PARA 2012.

PERDER: 2 quilos e ficar com 60 quilos (kkkkkk engordei pelo visto. Minha meta hj é perder dois, pra ficar com 63 kkkkk)


GANHAR: ânimo para ir a academia ( fui só sócia contribuinte)

APRENDER: a ter mais paciência com todos ao meu redor ( só faltou ter paciência com a família, mas o aprendizado está sendo grande)

MUDAR: minhas coxas com um intensivão na academia (nada feito. Faltei a academia, mais que fui)

ENCONTRAR: alegria nas mínimas coisas (encontrei. Dei boas risadas ano passado)

EXPERIMENTAR: ficar pelo menos 1 mês sem doces e refris ( não consegui, não! kkkkk)

TERMINAR: de arrumar meu guarda-roupas -promessa antiga ( continua na promessa antiga)

CHORAR: só de alegria ( ri de tristeza muuuuuitas vezes. Depressão me pegou de cheio ano passado)

IR: viajar para um lugar que eu ainda não conheço. ( o navio serve? Não conhecia!!)

VOLTAR: a estudar inglês nem que seja pela internet. (xiiii... desisti dessa meta)

SUPERAR: a tristeza que eu tenho em dar aulas ( sou coordenadora e dou aulas de vez em quando. Nâo foi um tormento dar aulas ano passado)

Bom demais reler isso!
Força na peruca e vamo que vamo!



Hematologista

Voltei à médica hematologista (Dra Concy) pra ver o que ela falava sobre a minha reação alérca e quais providências tomar.
Ela disse que achou muito estranho o que eu tive, pois eu já havia tomado outras vezes e não havia desenvolvido reação alguma, que acha que foi um problema no lote do Noriporum porque outras pessoas também tiveram alergia e na mesma época.
Ela vai me monitorar de perto, passou Ferro Fólico pra eu tomar diariamente e pediu para eu interromper a menstrução URGENTE.
Eu já sabia desde sempre que teria que interromper a menstrução, né?
Saí de lá com cosulta marcada com uma Gineco (Dra Rita) que ela indicou pra eu colocar o MIRENA. Aceita Convênio. Amei.
Agora vai ou racha!!! kkkkkk
Força na peruca e vamo que vamo!!!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Borboleta Marilda Gianetti

Hoje peço orações para a querida Marilda Gianetti.
Que Deus abençoe se guie as mãos de todos os profissionais envolvidos e que sua recuperação seja super tranquila.
Força na peruca e vamo que vamo pra vc, flor!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Anemia

Pois bem, galera!
Procurei uma médica porque meus exames de sangue em relação ao ferro tinha dado alterados.
O mínino teria que ser 10. O meu deu 4.
Preocupante.
Fui ao Centro Clínico que por sinal o tratamemento é de primeiro mundo e a médica me receitou nove sessões de neutrofer associada a soro, na veia.
E lá fui eu, mais uma vez (já havia feito esse procedimento antes), deitar na cadeirinha e esperar todo o tubo entrar pelas minhas veias.
E eis que eu tive uma reação alérgica ao medicamento.
Fiquei sem ar, e quase sem forças, chamei a equipe pra me acudir. Eles foram rápidos, fecharam logo o soro com a medicação e aplicaram em mim o anti histamínico para bloquear o efeito da alergia.
Esquisito. Muito esquisito.
Já fiz tanta cirurgia, passei por tantos procedimentos, já havia tomado ferro na veia inclusive naquele mesmo lugar... como é que eu desenvolvi uma reação alérgica? Só eu mesmo! kkkkk
Mas fui para a segunda dose. Novamente reação.
A equipe me orientou então, tomar um anti-alérgico antes. Pronto. Foi minha salvação. Na terceira dose não senti nada. Foi tudo sob controle.
Fui então para a quarta sessão. Tomei o anti alérgico antes, e qual não foi a minha surpresa que tive reação alérgica novamnete.
Foi uma loucura na clínica. Enfermeiros correndo pra cortar o soro e aplicar o anti histamínico a base de corticóide.
Só que dessa vez, suspenderam a medicação de vez.
Vou retornar à medica, que está de férias no final de janeiro pra ela ver o que vai fazer diante meu caso.
Como vou fazer pra curar a anemia já que tenho reação alérgica ao ferro?
Essa pergunta ficará para as cenas dos próximos capítulos. kkkkk
Força na peruca e vamo que vamo!!!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

FELIZ ANO NOVO!!!



Feliz Ano Novo messssmo!!!!
Como eu disse, passei o ano novo num navio para ver os fogos em Copacabana.

O navio foi o Soberano. Muito bom! Sistema All Inclusive. Um loosho!!!
Enjoei um bocado, confesso, mas tive a sorte do navio ficar mais ancorado que navegando por causa das fortes chuvas que deram na época.
Mas... no dia do Reveillon não choveu uma gota.
Foi o máximo!!!
Apesar do serviço todo do navio ser All Inclusive, compramos espumante pra brindar a passagem do ano porque receberíamos taças de cristal. (as taças para o espumente que eles serviram para a galera eram de plástico).



Lá pelas tantas, depois da passagem de ano e tomar toooooodo o espumante da minha garrafa, tomei também o espumente das "amigas de verão" que fiz no navio. Resultado?
GRAU MÁXIMO DA LOURA PERFEITA

Fiquei tão grogue, tão grogue, que tive amnésia alcoólica. Não me lembro de uns vinte minutos da minha vida, mas me disseram... que eu propus brindar e jogar as taças ao mar!!!!
Pense na euforia da criatura??? kkkkkk

Dancei muito, me diverti a valer nesse dia! Joguei todas as taças ao mar junto com minha amiga de verão Elaine Pontes. kkkkk

O dia primeiro foi mágico. Vi o pôr do sol no mar! Que coisa mais linda de se ver!!! Tirei muitas fotos, amei demais! Energia pura!




Repeti a dose se ver o Pôr do Sol em outros dias. Ver o nascer do Sol foi impossível! rsrsrs

Teve um dia que o navio ficou ancorado porque não tinha permissão pra navegar por causa das chuvas e eu resolvi tomar TODOS os drinks fornecidos no bar. Dei baixa em todo cardápio. Cada um mais delicioso que o outro.
Tiveram também os shows. Uma produção tão fofinha!
E a equipe de animação era o máximo.
Havia um ilusionista no navio que também fazia as vezes de Mestre de Cerimônia. o Dimy
Pense num cara animado!!
Ele disse que ver os fogos em Copacabana de um navio é OUUUUUUTRO NÍVEL!
E é mesmo! 

Super recomendo.

Força na peruca e vamo que vamo!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Saúde pra dar e vender???

Adeus Ano Velho!
Feliz Ano Novo!
Que tudo se realize no ano que vai nascer
Muito dinheiro no bolso,
Saúde pra dar e vender...
Pra dar e vender?????

Olhaê!!!! Estou de volta depois de um longo e tenebroso inverno! kkkkkk
Tá bom! Inverno tenebroso não houve, mas que eu abandonei esse meu cantinho, isso é fato.
Mas é porque depois de três anos de operada e plásticas feitas, não tem mesmo o que contar!
E piorou com o tal do facebook. Posto tudo lá. Tudo que me acontece, o que eu como, o que eu sinto.
Vixi, tenho que ser sincera: postava. Porque depois da matéria do fantástico sobre as redes sociais, fiquei com um medão danado de postar tudo. Mas de vez em quando, não resisto e lá estou eu escrevendo meu dia-a-dia.
Mas o que me trouxe de volta, foi colocar vocês a par da minha saúde.
O tempo que eu não cuido de mim é proporcionalmente igual ao tempo que eu não posto nesse blog.
Nem uma vitamina, nem um exame, não cuido de mim há muito tempo.
E resolvi então fazer uns exames de sangue.
E eis que, é claro, como não poderia deixar de ser... taxa de ferro baixa.
Minha taxa de ferro sempre foi baixa, mas após a bariátrica, nunca se normalizou.
Eu teria que tomar comprimidos diários de ferro, mas como eu disse... não tomo nada.
A tal da hemoglobina que tinha que dar no mínino 10, deu 4.
Alerta total, anemia pura.
E hj eu irei para a primeira das nove seções de ferro na veia que a médica prescreveu.
Decidi que vou retomar a minha vida saudável e que vou cuidar mais de mim.
Quanto ao meu peso... sei que vcs adoram que eu fale disso...
Estou estabilizada no 65 quilos com todas as variações das gramas. De 65.1 a 65.9 e passo por todos numa mesma semana.
Queria, ou melhor, quero eliminar 3 quilos pra ficar realmente bem. Menos que isso creio que eu vá ficar com cara de doente, como eu fiquei ao chegar aos 60 quilos. Não gostei. Nâo quero mais.
Mas é difícil demais perder peso após esse tempo todo de operada, ainda mais com a vida agitada de fins de semana regada a cerveja que eu tenho, mas eu hei de conseguir.
Voltarei pra contar quando eu atingir a meta.

Mudando de assunto...
Viajarei amanhã de carro para Santos. Lá, pegarei um navio e passarei o Reveillon vendo os fogos de Copacabana. Puro Loosho. Um sonho que realizarei.
Colocarei as fotos no face, é claro, e venho aqui pra deixar registrado também.

Um ótimo ano novo e que Deus nos abençoe em 2013 como abençoou em 2012.
Força na peruca e vamo que vamo!!!

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Cirurgia Plástica - Retorno de 1 ano - Lipoaspiração

Ai que vontade que eu estava de vir aqui contar as últimas!!! Estava sem computador e agora peguei um emprestado pra contar as novidades.
Recapitulando...
Retornei ao consultório do Dr. Fabiano Gondim - cirurgião plástico, para a consulta de 1 ano.
Contei pra ele da minha insatisfação com minhas coxas que continuam grossas. Meu sonho é usar uma calça bem justinha!
Dr. Fabiano é super comprometido e já havia dito que faria o procedimento novamente, caso eu não ficasse contente com o resultado.
Ele marcou então um novo procedimento e no dia 6 de agosto, fui para a clínica fazer a lipoaspiração nas coxas.
Super tranquilo, levei anestesia local, fiquei conversando com ele sobre um monte de coisas enquanto ele fazia o procedimento e quando terminou, vesti minha calça-cinta sem precisar de ajuda, desci as escadas e fui embora. Simples assim!
Não senti dor no pós operatário, tomei os remedinhos recomendados e passei a fase de recuperação como se eu não tivesse feito nada. Só sei que foi feito a lipo,  primeiro porque eu vi retirando a gordura, segundo pq ficou roxinho o local e terceiro pq as minhas coxas incharam muito e não cabia calça. Aphy! kkkk
 Mas essas minhas coxas são caso de polícia! Acho que meu sonho de vestir calças apertadas vão ficar pra próxima encarnação. O meu biotipo é de pernão e não vai ter procedimento neste mundo que modifique isso.
Dr Fabiano disse pra eu ter paciência e que só verei resultados após 3 meses.Sei não!!! Tomara que dê algum resutado mesmo, mas de qualquer forma, já absorvi a ideia de que vou ter pernão pro resto da vida mesmo! kkkkkk 
 
***************************************************************************
 
Fiz também os exames de sangue para apresentar pro Dr. Sérgio - cirurgião bariátrico- mas a preguça é grande pra levar pra ele. Como estou sem computador, nem imprimi os exames também! rsrsrs
Mas vou marcar pra semana que vem sem falta.
 
****************************************************************************
 
Engordei. Estou com 67 quilos, manequim 42. Já chequei a pesar 60 e manequim 40. A promessa é que até novembro eu consiga reverter isso, mas tá difícil. Sou muito ansiosa e como muito. Como de tudo e a minha perdição é  tal do chocolate. Não consigo ficar sem e o problema é que eu como até acabar. Aphy. Continuo sem acreditar no trabalho de psicóloga e não procurarei uma pra me ajudar. Mas vou conseguir. Minhas metas eu cumpro. Vou cumprir isso também. Quero chegar a 62 quilos e vou conseguir.
FORÇA NA PERUCA E VAMO QUE VAMO!!!

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP